Perder para Ganhar



"Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me." (Mateus 16:24)

Ninguém gosta de ouvir falar sobre morte, ninguém gosta de perder nada. As pessoas sempre estão em busca de mais, à procura de prazeres para as tornarem felizes, esperando ganhar muitos "presentes" da vida. Nascemos em uma sociedade que tem determinados valores, e à medida que crescemos ela tenta nos moldar segundo os seus padrões. E realmente é fácil ser moldado por ela, pois vivemos em um corpo caído, devido ao pecado. Mas quando nós conhecemos a Jesus, sabemos que a vontade dEle é que venhamos a ser completamente diferente daquilo que a maioria costuma ser. E para que possamos vencer a tendência maligna que há em nós, precisamos pagar o preço de renunciar a nossa natureza carnal. Ao ler Mateus 16:24, entendemos que o Senhor nos convida dia após dia a levarmos a nossa cruz. Apesar dEle ter levado a cruz mais pesada que já existiu, que representava o pecado de toda a humanidade, ainda há uma que precisamos levar diariamente. Mas o que significa "levar a cruz"? A cruz significa morte, renúncia, perda, e levá-la diariamente significa morrer para si mesmo e para o mundo. Aquele que quiser seguir a Cristo deverá subjugar sua carne (o seu "eu" natural) à obediência de Deus ("E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências." Gl 5:24). Com certeza não é fácil lutar contra nossa natureza terrena, pois a carne cobiça contra o Espirito e ele contra a carne (Gl 5:17), sendo mais fácil praticarmos as obras da carne do que vivermos no fruto do espírito, pois vivemos em um mundo que jaz em trevas. Para vivermos o Reino de Deus aqui nesta terra temos que ir de encontro com todos os valores que são a base para nossa sociedade ("Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus" Gl 5:19-21). Quando nos dispomos a "perder" tudo que aparentemente parece bom aos olhos humanos e decidimos renunciar o nosso eu para que a vontade de Deus seja feita em nós, na verdade finalmente conseguiremos encontrar a verdadeira vida. No Reino de Deus morrer para si significa reinar com Cristo, desfrutando da plenitude da sua glória habitando em nós. O Senhor quer nos resgatar de viver uma vida egoísta, centrada em si mesmo. Ele nos convida a viver um propósito maior, aquele que Ele mesmo estabeleceu para o homem desde o princípio. Para vivermos Seus propósitos precisamos colocar de lado nossos interesses, nossas vontades, vivendo pela fé, crendo que nosso esforço valerá a pena, pois não há recompensa maior do que a de ser um embaixador do Reino de Deus nesse mundo. Na nossa sociedade hoje, morrer para si, negar-se a si mesmo é loucura, é desperdiçar as coisas "boas da vida". Mas o evangélio é claro: "larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, poucos há que a encontrem" (Mt 7:13,14).
A vontade de Deus para nós é sempre melhor (Romanos 12:2), se sofremos com Ele, certamente reinaremos com Ele também (II Timóteo 2:2). Com certeza não é fácil carregarmos a nossa cruz, mas contamos com Jesus para nos ajudar ("Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado" Hebreus 4:15). Quando realmente vivemos essa realidade, de ir contra o nosso eu , rendendo nosso querer ao Senhor, começamos a experimentar a Sua vida e Seu espírito habitando dentro de nós. E não há nada nesse mundo, nada que ele possa oferecer que se compare aquilo que o Senhor é, aquilo que Ele nos oferece ("Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á" Mateus 16:25).
Que venhamos a escolher a melhor opção, o caminho que conduz à vida eterna, o caminho da cruz.

"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim." (Gálatas 2:20)


video



No amado, PV.

Share this:

JOIN CONVERSATION

2 comentários:

  1. Aleluia!!! é a Cruz que precisa ser pregada, pois toda a nova realidade de Vida que temos hoje começou nela, através da morte de Jesus, e através dela obtivemos a redenção! Não é uma condição simbólica pra ser lembrada na páscoa apenas, mas uma condição verdadeira na qual todo discípulo de Jesus deve se situar. Devemos tomar nossa cruz dia após dia, como diz esse lindo cântico do DT, que lamentavelmente é preterido quando colocado ao lado de cânticos que enaltecem os bens e as bençãos terrenas que o Senhor nos permite ter. Mas o Senhor Jesus também há de preterir a noiva interesseira ao olhar para a noiva apaixonada, a verdadeira Noiva de Cristo, que por amor a Ele toma a sua cruz dia após dia! Post maravilhoso esse Pri, que o Senhor multiplique em ti a unção que Ele gerou em sua vida, mediante a ação do Santo Espírito! Grande abraço minha irmã!

    ResponderExcluir
  2. Pri! Essa é a "frase do dia"!

    PERDER PARA GANHAR! Não existe nenhum lugar de honra maior além deste de per-ma-ne-cer no centro da vontade de Deus, renunciando a natureza humana a cada dia, até alcançarmos a Sua Glória!!! Amei teu texto, ele expressa tudo aquilo que acredito! O Senhor está levantando um povo... Está encontrando os verdadeiros adoradores... Aqueles que não tem suas próprias vidas por preciosa... Aqueles que se humilham, que buscam a Sua face, que se arrependem de seus maus caminhos...

    Pri, que possamos, pra glória de Deus, sermos aquelas a quem Ele procura!!!

    Um mega beijo, querida! Permanece em meu coração e orações!!

    *CA*

    ResponderExcluir