Aprendendo a Amar



Infelizmente na sociedade de hoje o amor tem sido banalizado e confundido com paixão. Eu gosto de uma comparação que o pastor Silas Malafaia faz sobre o amor e a paixão, ele define assim -> A paixão é exclusiva da natureza humana já o amor provêm de Deus. A paixão é violenta e de pouca duração, o amor é profundo e contínuo. A paixão é egoísta, já o amor não busca os seus próprios interesses. A paixão pode se transformar em ódio, o amor jamais se transforma em ódio. A paixão pode despertar o desejo de fazer o mal, já o amor não faz mal a ninguém. A paixão é burra e louca e o amor é sábio. A paixão é cega, já o amor revela, revela o caráter de Deus. Com essa definição podemos entender que realmente o amor é muito diferente da paixão.

As pessoas têm esquecido a essência do verdadeiro amor que é Deus. Não há como você amar se desconhece o Senhor, se não caminha com ele. O amor é bem mais do que beijos, elogios, presentes e atitudes carinhosas. O amor é um sentimento profundo, forte e duradouro. Muitas pessoas admiram e adoram o capítulo 13 de primeira Coríntios, mas a maioria delas não vive a verdade desse versículo.

“Ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.” (1 Co 13:3) Que afirmação tremenda! Muitas ações que parecem lindas e dignas de glória, para Deus não tem valor, porque são feitas sem amor. E muitas pessoas no mundo afora acham que é pelas suas boas ações que vão barganhar com Deus um lugar no céu. E não é para menos que esperamos que algumas pessoas tenham essas atitudes, pois até mesmo na igreja muitos ainda não aprenderam a amar plenamente. É fácil amar quem nos ama, que nos trata bem. Mas não é tão fácil amar pessoas que nos aborrecem, que nos tratam mal, que nos odeiam.Mas a bíblia diz que o amor é sofredor, tudo suporta, e este é o amor verdadeiro, totalmente incondicional e originado em Deus. Somente aquele que conhece intimamente Deus, consegue entender esse amor e aplicá-lo, “porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.” (I Jo 4:7) Amar é uma decisão, não um sentimento, pois ninguém começa a amar uma pessoa quando esta o faz mal, mas decide amá-la porque entende que o amor provêm de Deus e é um dom supremo. Deus amou o homem antes da fundação do mundo, amou de tal maneira que deu Seu filho para salvar pecadores. Será que uma mãe ou pai aqui desta terra poderia oferecer seu único filho, tão amado para morrer por um assassino, ladrão ou prostitudo? Com certeza não, no entando foi isso que Deus fez, e é aí que começamos a entender o verdadeiro amor. Amar sem esperar nada em troca. Amar sem ser amado, sofrendo, chorando, crendo, esperando e tudo suportando. Esse é o amor que Deus oferece para nós e esse é o amor que devemos oferecer ao mundo, estando nós em Cristo.

"Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro." (I João 4 : 19)

Clipe com cenas de “Fireproof”, filme que mostra que só podemos aprender amar se tivermos um relacionamento pessoal com Deus.


video

“O amor não é uma luta, mas vale a pena lutar por ele.” (Warren Barfield)



No amado, PV

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário