O chamado de Deus



"ORA, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei." (Gênesis 12:1)

Abraão foi um homem escolhido por Deus para ser pai de uma grande nação. Antes de ser chamado pelo Senhor ele era um homem rico, de posses (Gn 13:3). Vivia em Ur dos Caldeus, uma cidade rodeada pela idolatria a falsos deuses. E mesmo diante do pecado daquela cidade, Deus se manifesta a Abraão e o convida a viver uma vida pela fé, consagrando-se totalmente ao Senhor. "Disse o SENHOR a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei"(Gn 12:1). Abrão para cumprir o chamado de Deus teria que sair da sua terra, deixando a sua estabilidade, abrindo mão do seu conforto. Ele era um homem rico, tinha de tudo, sua vida era tranqüila, ele era auto-suficiente. Mas Deus convida seu servo para ser dependente somente dEle, confiando não na sua própria força, mas na força de Deus. Para cumprir o chamado, Abrão teria que sair da sua parentela, abrir mão da sua herança hereditária, de toda a influência de idolatria que era passada de geração em geração na sua família. Em outras palavras, Deus estava dizendo que Ele queria escrever uma nova história, e a partir da escolha de Abrão, um novo tempo iria se iniciar, porque Abrão tinha nascido para influenciar a sua geração, andando lado a lado com o Deus verdadeiro. Para atender o chamado divino, Abrão teria que sair da casa do seu pai, deixar a sua família, abrir mão do carinho e da proximidade daqueles a quem ele amava, sua família de sangue. Deixar para trás tudo aquilo que ele aprendeu a amar, deixar para trás tudo aquilo que ele era, tudo que ele tinha, para ir em direção a uma terra que ele não conhecia, para viver um futuro que aos olhos humanos era totalmente incerto. Mas Deus fez uma promessa a Abrão, se ele cumprisse o Seu chamado: “de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção! Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra." (Gênesis 12.2,3). E a resposta de Abrão foi sim e então "pela fé sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia" (Hebreus 11:8). E ganhou um novo nome, ao invés de Abrão (pai grande) passou a se chamar Abraão (pai de grande nação): ”E não se chamará mais o teu nome Abrão, mas Abraão será o teu nome; porque por pai da multidão de nações te tenho posto” (Gn 17:5).
Levou muito tempo até que todas as promessas que Deus tinha feito a Abraão se cumprissem, mas ele não desistiu de crer, de perseverar e de louvar a Deus. O Senhor honrou seu servo pela sua fidelidade e obediência, e ele recebeu o título de “amigo de Deus”.
Ainda hoje Deus continua chamando homens e mulheres para compartilharem dos Seus sonhos, para viverem um plano maior, aquele que Ele mesmo criou antes que pudéssemos existir. Mas para que venhamos a viver tudo aquilo que Deus tem para nós, teremos que abrir mão do nosso próprio querer, das nossas vontades e de tudo aquilo que é importante para nós. Isso dói, não é fácil deixarmos de "ser" para que Deus seja em nós, mas os planos de Deus se comparados aos nossos são maiores e cheios de propósitos eternos( "Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos" Is 55:8). Nada se compara as promessas de Deus, nada se compara aquilo que Ele tem para nós. Será que como Abraão seremos capazes de sair da nossa terra, da nossa parentela e da casa do nosso pai para uma terra que não conhecemos? O coração do Senhor clama, a quem enviarei, e quem há de ir por mim? (Is 6:8) O Senhor nos chama, Ele nos convida a abrir mão de tudo que temos e tudo que somos para receber o TUDO dEle. Que venhamos a dizer sim ao chamado que Deus tem para nós.



No amor do Pai, PV.

Share this:

JOIN CONVERSATION

2 comentários:

  1. Post maravilhoso, música maravilhosa, unção de um Deus que é maravilhoso. Que experiência linda a de Abraão, que fé teve este homem, e que linda consequência houve desta fé Pri, realmente fui muito edificado pelas palavras que o Senhor trouxe ao seu coração, que o Papai continue te enchendo com mais e mais desta unção mana preciosa!

    ResponderExcluir
  2. Muitas vezes quando peço Senhor fala comigo ele me mostra esta palavra, e eu ainda vivo na minha zona de conforto. Certa vez Deus disse. Você precisa dar o primeiro passo somente isso e eu farei. O Senhor falou comigo tremendamente com estas palavras. Amém.

    ResponderExcluir