Se esvazie


“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens” (Filipenses 2:5-6).

Jesus, era o filho de Deus, santo, perfeito e único. Ele era o Rei do universo, ao qual todos os seres prestavam continência e honra. Mas mesmo com toda a Sua majestade e poder, um dia Ele escolheu abrir mão de toda a Sua glória para se tornar um homem mortal. Ele assumiu a forma mais humilhante perante a sociedade: a de servo. E Ele fez isso porque queria obedecer a Deus, e morrer para dar vida à humanidade.

 Na carta de Paulo aos Filipenses, ele aconselha os irmãos a terem o mesmo pensamento de Cristo, que se esvaziou de si mesmo. Jesus era cheio de glória, poder e majestade, e de tudo aquilo que vinha de Deus, com quem Ele habitava. Porém, Ele deixou tudo isso para que pudesse fazer a vontade do Pai, tornando-se um homem mortal, com uma vida humilde e disposto a sofrer a mais terrível dor que um homem já experimentou. 

Do que você está cheio? 

Existem muitas coisas que podem encher as nossas vidas:

1) Tudo aquilo que vemos, escutamos, lemos, assistimos e vivemos enchem o nosso ser. E no decorrer da nossa história, nós acumulamos todas essas coisas no nosso interior.

2) Cada experiência marcante que temos durante a vida, boa ou ruim, acaba ficando profundamente enraizada dentro de nós. Desse modo, cada ser humano acaba carregando dentro de si marcas de um passado que foi bom, ruim ou um pouco dos dois.

3) Desde quando nascemos, vivemos em função do nosso ego, do nosso bem estar, do nosso sucesso. Há muitas pessoas que se orgulham dos seus diplomas, da sua condição financeira, dos seus bens, dos seus talentos. E outras, sentem pena de si mesmas, por se considerarem fracassadas em determinada área de sua vida. O ego diz respeito à tudo aquilo que pensamos de bom ou de ruim a respeito de nós mesmos.

O que Paulo diz em Filipenses é que Cristo abriu mão de tudo o que era e possuía. E todo aquele que quiser seguir o Seu exemplo, precisa fazer o mesmo.

Precisamos esvaziar o nosso ser de todas as coisas que acumulamos no decorrer da vida, pois Deus não pode encher um vaso que já está cheio.

Existe um clamor do Espírito que convida a igreja a se esvaziar. Mais do que nunca o mundo anseia por ver Cristo naqueles que se dizem cristãos.

Se esvazie de si mesmo, se esvazie de tudo aquilo que você pensa sobre você mesmo, dos padrões da sociedade, das suas dores, da sua teologia, do seu orgulho, e de tudo aquilo que é da terra. Permita que Deus te encha de tudo aquilo que é do Céu. Permita que Ele limpe seu coração de um passado difícil, permita que Ele te revele a sua identidade em Cristo. Deus quer nos encher da Sua unção e o que Ele tem para derramar sobre nós é infinitamente melhor e maior do que tudo o que pensamos ser bom.

É tempo de se esvaziar. Se esvazie de si mesmo para que Deus possa te encher e você possa transbordar dEle para o mundo.

No Amado, PV.

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário