Guerra Invisível


Vivemos em uma constante luta interior, entre a alma (a sede das nossas emoções) e o espírito (aquela que nos comunica a Deus). Esta batalha influencia em tudo na nossa vida. Mas infelizmente muitos cristãos estão cegos quanto ao que acontece no interior humano. 
Nossa alma nos inclina a fazer a vontade da carne, nos empurra para vivermos totalmente guiados pelas nossas emoções. Porém, as emoções são tão danosas que podem sufocar nosso espírito até a morte. 

É através do nosso espírito que o Espírito Santo de Deus trabalha na nossa vida, e fala conosco. Todo cristão passa por lutas do seguinte tipo: Alguém faz algo contra nós e o Espírito Santo se comunica através do nosso espírito:

 "Perdoe esta pessoa, pois a Palavra de Deus nos diz que devemos perdoar a quem nos ofende, assim como Ele nos perdoou." 

Imediatamente a alma fala:

 "Esta pessoa ME ofendeu gravemente, EU não mereço isso, sou tão bom. É um absurdo perdoar tal atitude, se eu perdoar ela não vai perceber o erro que cometeu. OK, sei que Deus quer que eu perdoe, mas EU não quero fazer isso agora." 

Ou então podemos enfrentar algo do tipo: Estamos passando por alguma tribulação nos relacionamentos, na vida financeira, ou uma enfermidade, e então o Espírito Santo fala ao nosso espírito:

 "Essa luta está difícil, mas Deus diz na Sua palavra que devo confiar nEle e esperar pela Sua ação, e Ele diz que se eu buscar o Seu Reino e a Sua justiça, tudo me será acrescentado, em todas as áreas da minha vida. Devo amá-lO acima de qualquer coisa e sei que Ele me ama e cuida de mim." 

Já a nossa alma diz o seguinte acerca da mesma situação: 

"Deus não tem ouvido minhas orações, todos ao meu redor parecem estar bem e só eu enfrento tamanha luta. Eu não aguento mais isso, até quando vou ter que viver assim? Não sei se Deus realmente me ama, acho que Ele se esqueceu de mim. Vou chorar porque só isso me alivia a dor e vou tentar resolver as coisas a minha própria maneira." 

Como podemos perceber, a alma e o espírito caminham em direções totalmente opostas. Uma conduz à vida e a outra à morte. O salmista conhecia muito bem esta verdade, por isso diante das suas lutas ele ouviu seu espírito e falou com a própria alma, dando uma ordem: 

"Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda O louvarei, a Ele que é o meu socorro, e o meu Deus."
 (Salmos 42:11)

"Ó minha alma, espera silenciosa somente em Deus, porque dele vem a minha esperança." (Salmos 62:5)

Diante de qualquer circunstância da nossa vida, temos uma escolha a fazer. Duas opções se colocarão na nossa frente e cabe a nós julgar qual será a melhor. A alma é birrenta, teimosa, insistente. O espírito é cortês, manso, dócil. A alma bruscamente tentará nos ganhar. O espírito gentilmente nos convencerá. A alma se importa com o agora, com suas necessidades físicas, com ela mesma. O espírito se importa com as consequências, com o eterno, com os outros. 
Já nascemos com a inclinação natural de dar ouvidos sempre para aquilo que as emoções nos dizem e mandam fazer. A única maneira de nos vermos livres desse jugo é nos alimentarmos da Palavra de Deus. Somente ela é capaz de subjugar a alma. 

"Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." (Hebreus 4:12)

À medida que oramos, lemos a Palavra, jejuamos, vamos fortalecendo nosso espírito e enfraquecendo nossa carne. Somente assim somos capazes de rejeitar as inclinações da nossa alma e levá-la a agir de acordo com aquilo que agrada a Deus. 
Apenas quando aprendermos a disciplinar a nossa alma é que poderemos desfrutar de uma vida plena e abundante. 
Que venhamos a nos derramar na presença de Deus e buscar a Sua face, para que assim não mais as emoções dominem a nossa vida, mas sim o Espírito Santo de Deus. 

"Louvai ao Senhor. Ó minha alma, louva ao Senhor." (Salmos 146:1)

"Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios." (Salmos 103:2)

"A minha alma se consome de tristeza; fortalece-me segundo a tua palavra."
 (Salmos 119:28)

"Pois a sabedoria entrará no teu coração, e o conhecimento será aprazível à tua alma." (Provérbios 2:10)

"A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos simples." (Salmos 19:7)

"Maravilhosos são os teus testemunhos, por isso a minha alma os guarda."
 (Salmos 119:129)

"A nossa alma espera no Senhor; ele é o nosso auxílio e o nosso escudo." 
(Salmos 33:20)

No Amor do Pai, PV. 

Share this:

JOIN CONVERSATION

1 comentários:

  1. Olá! Estava procurando uma mensagem e achei seu blog abençoado...obrigada por compartilhar mensagens que nos edifica e consola. Deus continue te enchendo e inspirando, fui muito abençoada...abraço!

    ResponderExcluir